É preciso um plano nacional para a demência.


Excelente artigo publicado na seção 'Como chegar bem aos 100' da Folha de São Paulo alerta sobre a importância do Brasil se preparar para dar melhor suporte às pessoas com demências, como Alzheimer, e a seus familiares.


O artigo é da psiquiatra e epidemiologista Dra Cleusa Ferri, líder do projeto STRiDE no Brasil e membro do GRAz (Grupo de Referência em Alzheimer) a convite do Dr Alexandre Kalache, ex-diretor do Programa Global de Envelhecimento e Saúde da Organização Mundial da Saúde que faz a curadoria da seção.


Hoje, menciona a médica no artigo, há 50 milhões de pessoas que vivem com demência no mundo. E a previsão é chegar em 150 milhões em 2050. E o Brasil que tem, atualmente, cerca de 2 milhões de casos tem a tendência de aumento também desencadeado pelo acelerado envelhecimento populacional.


Acesse o artigo completo no link:


https://www1.folha.uol.com.br/folha-100-anos/2021/05/e-preciso-um-plano-nacional-para-a-demencia.shtml