Pandemia de COVID-19 pode ser "cavalo de Tróia" da demência e causar futuras ondas de novos casos



No início do Mês Mundial de Alzheimer, a Alzheimer's Disease International (ADI), a federação global de mais de 100 associações de Alzheimer e demência em todo o mundo, incluindo a Federação Brasileira das Associações de Alzheimer - Febraz, está incentivando que todos Conheçam a Demência, Conheçam o Alzheimer; identificando os sinais de alerta de demência e buscando informações, orientação e apoio que podem potencialmente levar a um diagnóstico oportuno.

Receber um diagnóstico de demência pode ser um processo desafiador e difícil e o percurso do cuidado varia muito em todo o mundo. Além disso, o estigma que ainda envolve a demência acaba fazendo com que muitas pessoas evitem buscar um diagnóstico na fase inicial dos sintomas, adiando a busca por cuidado em saúde quando a doença já está em estágios mais avançados.

A CEO da ADI, Paola Barbarino afirma: “Conhecer os sinais e sintomas de alerta da demência permite que as pessoas busquem mais informações, orientação e apoio, potencialmente levando a um diagnóstico. Conhecer esses sinais é ainda mais importante agora do que nunca."

“As previsões estimam que os casos de demência vão aumentar de 55 milhões para 78 milhões até 2030, com custos que podem chegar a US$ 2,8 trilhões anualmente. Apelamos à OMS, governos e instituições de pesquisa em todo o mundo a priorizar e financiar a pesquisa e estabelecer recursos neste espaço, para evitar ser ainda mais oprimido pela próxima pandemia de demência."

Para Elaine Mateus, Presidente da Febraz, “quando a Doença de Alzheimer é identificada nos estágios iniciais, há maiores chances de se controlar seu desenvolvimento e atuar sobre sua progressão. Além disso, permite que as pessoas que recebem o diagnóstico tenham a oportunidade de reorganizar sua vida e seu entorno, garantindo sua dignidade e respeito às suas escolhas”.

Com o objetivo de disseminar informações e romper com os estigmas, as Associações de Alzheimer realizam uma série de atividades durante todo o mês de setembro, incluindo palestras online, grupos de apoio e caminhadas.



Atividades do Mês Mundial da Doença de Alzheimer - Setembro 2021

Webinar “Direitos das Pessoas que Vivem com a Doença de Alzheimer” Data: 01 de setembro, quarta-feira Hora: 19h00 Horário de Brasília Link para assistir ao vivo: fb.me/febraz.br Organização: Federação Brasileira das Associações de Alzheimer - Febraz

II Caminhada da Memória Virtual “Um passo para conhecer a demência, um passo para erradicar o estigma” Data: Durante todo o mês de setembro de 2021 Organização: Associação Brasileira de Alzheimer – Abraz Mais informações em: fb.me/abrazalzheimer

Lançamento do Podcast “Gestão do Cuidado da Doença de Alzheimer” Data: Durante todo o mês de setembro de 2021 Organização: Associação de Parentes e Amigos de Pessoas com Alzheimer - Apaz Mais informações em: fb.me/apaz.rio

Campanha de informação e sensibilização sobre a Terapia com Bonecas Data: Durante todo o mês de setembro de 2021 Organização: Instituto Alzheimer Brasil – IAB Mais informações em: fb.me/institutoalzheimerbrasil

Campanha de humanização e conscientização “Seu Afeto Humaniza” Data: Durante todo o mês de setembro de 2021 Organização: Instituto Não Me Esqueças – INME Mais informações em: fb.me/instnaomeesquecas