Tudo sobre Alzheimer
Links

Aqui você fica sabendo sobre as novidades do universo do Alzheimer e outras demências. O objetivo é ajudar a prevenir, promover diagnóstico e tratamento adequados, cuidar do paciente e do cuidador, apoiar a família, atualizar profissionais das áreas médica e de saúde, conscientizar sobre demências, combater preconceitos e multiplicar conhecimento para vivermos mais e com qualidade de vida.

Receba novidades e atualizações!

Agir para transformar. Agir para construir um novo olhar sobre Alzheimer.

 

E queremos que você também faça parte do nosso movimento. Participando de grupos de apoio na sua cidade, ajudando a combater fake news, compartilhando boas notícias, engajando-se como voluntário sempre que puder, obtendo conhecimento e contando suas histórias e dicas aqui no Tudo sobre Alzheimer!

 

Sejam muito bem-vindos!

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade

SINTOMAS

Há alguns sinais de alerta que podem nos indicar quando procurar um médico. Mas é importante saber que nem sempre os sintomas acontecem todos juntos e também não obedecem a uma ordem. Vejam algumas das queixas que podem ocorrer em casos de demências, inclusive, na Doença de Alzheimer.

 

  • Queixa ou perda de memória, especialmente a recente, com esquecimentos de compromissos, fatos ou assuntos.

 

  • Dificuldade para realizar tarefas que antes eram consideradas fáceis.

 

  • Desatenção e dificuldade de concentração.

 

  • Dificuldades para lidar com o próprio dinheiro e realizar tarefas.

 

  • Desorientação no tempo e no espaço (esquece que dia é hoje, começa a se perder em locais familiares).

 

  • Dificuldade em reconhecer pessoas conhecidas. 

 

  • Não se lembra onde guardou objetos e documentos importantes. Esquece de apagar o fogo.

 

  • Dificuldade no manuseio de utensílios e até para se vestir.

 

  • Dificuldade em encontrar e/ou compreender palavras. Pode não conseguir nem compreender, nem transmitir recados.

 

  • Perda ou diminuição da capacidade de fazer julgamentos e tomar iniciativas. Perde a crítica.

 

  • Pode ter alterações de humor e depressão, e tendência a se isolar. E ter alterações de comportamento: inibição, desinibição, agressividade. 

 

  • Pode haver delírios e quadros paranóicos, principalmente achar que foi roubado, perseguido ou enganado por alguém. 

 

  • Com a evolução da doença, novos sintomas podem surgir e/ou agravar sintomas já existentes.