Cleusa Morales conta sua História de Alzheimer na família....

Pouco depois dos 80 anos minha mãe começou a apresentar pequenos sinais de que algo não ia bem...

 

Mulher forte inteligente e vigorosa, aos poucos foi perdendo autonomia, esquecendo como se fazia as coisas,  perdendo o interesse pela vida, passando pelas fases de agressividade, medo, tristeza e, por fim, a demência irreversível.

 
Foi difícil aceitar que minha rainha estava indo embora... dia da dia, voltando ao estado fetal praticamente... e não haviam muitas fontes de consulta para entender o processo, seus detalhes e como agir mediante cada fase. 


Li tudo o que encontrei na internet e numa das consultas  conheci a Abraz e a Gerontologia na Each, onde hoje curso o 4°semestre.

 
Ter este novo espaço é demais de importante.  

 

Precisamos aprender mais e mais sobre algo que tanto afeta nossas famílias,  nossas vidas e as pessoas q amamos... lembrando q existe um forte fator genético na doença  (minha mãe foi a 3°geração com Alzheimer e já  tenho primos (4°geração) no processo.  Ou seja, minhas chances de desenvolver a doença são imensas.. 


Com o aumento da longevidade,  certamente aumentarão os casos de demência e precisamos aprender a lidar com isso.


Parabéns pela iniciativa e tenha certeza vou acompanhar atentamente. E no que eu puder colaborar conte comigo !!! 🙏🌻 de Cleusa Morales

(Cleusa, agradecemos imensamente por você compartilhar sua história aqui no Tudo sobre Alzheimer. Aprendemos sempre com as experiências uns dos outros. E, assim, também nos solidarizamos. Força. E parabéns por estar cursando! Conte conosco! Espaço aberto para você! bjs) 

Histórias

CONTE TAMBEM A SUA HISTÓRIA

A gente aprende muito ouvindo histórias que, muitas vezes, são parecidas com as nossas. Serve de apoio, de consolo e também nos ajuda a enfrentar os desafios ao cuidar de uma pessoa com Alzheimer. Mande sua história pra gente compartilhar aqui no Tudo sobre Alzheimer! Bem-vindos!

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade