O QUE É?

Alzheimer é uma doença neurológica degenerativa progressiva. Ou seja, quando se instala ela evolui e se agrava com o tempo, afetando a cognição (memória, orientação, atenção e linguagem) e também podendo provocar alterações comportamentais.

 

É a principal causa de demências em pessoas idosas, sendo responsável por mais da metade dos casos.

 

Estima-se, no Brasil, 1.5 milhão de casos.

No mundo, 35,6 milhões de pessoas com doença de Alzheimer.

 

Há muitas pesquisas em andamento. Mas, por enquanto, não há cura para a doença de Alzheimer. Porém, quanto antes diagnosticada e instalado o tratamento, melhores as chances de retardar sua evolução e promover qualidade de vida.

 

Curiosidade:

 

O nome é uma homenagem ao médico Alois Alzheimer, o primeiro a descrever a doença quando apresentou um caso num congresso em 1906. 

 

Até hoje utilizamos a descrição que ele fez sobre as alterações que ocorrem no cérebro quando avaliou a paciente Auguste Deter que faleceu aos 55 anos de idade.

 

 

Não se sabe ainda as causas da doença de Alzheimer. Especialistas relatam, contudo, que algumas lesões cerebrais são características do Alzheimer. Caso das placas senis decorrentes do depósito de proteína beta-amilóide, além dos emaranhados neurofibrilares, que resultam da hiperfosforilação da proteína tau. Mas esses biomarcadores ainda não são utilizados na prática clínica, mas tem sido importantes descobertas na área de pesquisas.

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade