• ceresuniversodecui

Alzheimer e desinibição: o que fazer se ele(a) tirar a roupa em público?

Dicas úteis com a especialista em Cuidados em Alzheimer, Ceres Ferretti!

Nas fases mais tardias da Doença de Alzheimer, outro comportamento responsável por causar grande constrangimento aos cuidadores, exceto nos casos de demência fronto temporal, que acomete pessoas mais jovens, é a desinibição.


A perda de controle inibitório, da crítica e capacidade de julgar se algo está certo ou errado pode estar presente nas fases iniciais da demência fronto temporal e, nas fases mais tardias da doença de Alzheimer.


Assim, tirar a roupa em público, a fralda, manipular genitais e excretas são comportamentos que precisam ser manejados com todo o respeito e seriedade.

A principal orientação ao cuidador é conscientiza-lo de que por mais que pareça proposital, não é!


  • Deve-se encarar racionalmente e com naturalidade os comportamentos inadequados apresentados pelo paciente. Se estas ocorrências forem constantes e constrangedoras, deve-se consultar um médico e com ele discutir o comportamento apresentado pelo paciente.

  • Muitas vezes, a carência de afeto leva a distúrbios comportamentais. Ofereça amor, carinho e compreensão. A sua presença e o toque suave diminuem a ocorrência desses distúrbios.


  • Considere que alguns comportamentos considerados como inadequados podem estar relacionados a alguma necessidade correspondente. Tirar a blusa em público pode simplesmente significar que o paciente está com calor ou a blusa está apertada.

  • O cuidador atencioso deve observar as variações de temperatura e o tipo de vestuário (tecido, conforto) adequado para o paciente.

  • Tirar as fraldas pode significar que a pessoa está incomodada com alguma coisa. Por exemplo: assaduras, coceira, calor, ou mesmo que quer ir ao banheiro. Se o cuidador o levar em intervalos regulares de tempo, a pessoa pode inclusive permanecer sem fraldas. Treino vesical: observe o horário da última micção e da próxima. Se for, por ex.: 2 horas, leve-o (a) ao banheiro 10 ou 15 minutos antes.

  • Do mesmo modo, manipular genitais também pode significar assaduras, coceiras nesta região. Aproveite o momento do banho para observar sua pele.


  • Uma dieta equilibrada tende a restabelecer o hábito intestinal. Assim, se o horário habitual for a hora do banho, por exemplo, leve-o (a) ao banheiro 10 minutos antes e acomode-o (a) no vaso sanitário.

  • Caso o paciente continue a tirar a fralda, coloque uma calça ou saia com passadores de cinto e use o cinto com a fivela para trás.

  • Jamais reaja com ironia ou estardalhaço diante de comportamento sexuais inusitados. Seja gentil e paciente, porém com firmeza.


  • Ao chamar a atenção, faça-o com cuidado, lembre-se que reações ríspidas e intolerantes podem trazer prejuízos para crianças, se elas estiverem presentes.

  • A ansiedade pode ser controlada com um contato físico (um abraço, por exemplo), não esqueça que atitudes gentis transmitem calma e confiança.


Importante: Diante de situações constrangedoras, não permita que o paciente fique exposto ao ridículo. Delicadamente, conduza-o para fora do ambiente e com extrema calma, explique-lhe que seu comportamento é inadequado.


Não se esqueça! A informação ainda é nossa melhor arma nos manejos com nosso paciente!!

Até a próxima!"



Ceres Eloah Ferretti - enfermeira, 

Pós-doutora em Neurologia pela FMUSP.

Doutora em Ciências e Mestra em Neurociências pela UNIFESP.

Pós-graduada em Gerontologia Social pelo Instituto Sedes Sapientiae,

Pesquisadora do Grupo de Neurologia Cognitiva e do Comportamento - GNCC, do HCFMUSP, colunista no Tudo sobre Alzheimer.

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade