Tudo sobre Alzheimer
Links

Aqui você fica sabendo sobre as novidades do universo do Alzheimer e outras demências. O objetivo é ajudar a prevenir, promover diagnóstico e tratamento adequados, cuidar do paciente e do cuidador, apoiar a família, atualizar profissionais das áreas médica e de saúde, conscientizar sobre demências, combater preconceitos e multiplicar conhecimento para vivermos mais e com qualidade de vida.

Receba novidades e atualizações!

Agir para transformar. Agir para construir um novo olhar sobre Alzheimer.

 

E queremos que você também faça parte do nosso movimento. Participando de grupos de apoio na sua cidade, ajudando a combater fake news, compartilhando boas notícias, engajando-se como voluntário sempre que puder, obtendo conhecimento e contando suas histórias e dicas aqui no Tudo sobre Alzheimer!

 

Sejam muito bem-vindos!

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade

Pergunta: 
O que responder quando um
paciente com Alzheimer te
perguntar de pessoa que
já morreu?...

Resposta da médica neurologista Dra Ana Luisa Rosas:

Não existe uma receita de bolo. Vai muito da dinâmica de cada família, abrange questões de religiosidade, de paciência dos cuidadores etc.

 

Não existe a maneira correta de responder, creio. Se tem eu não sei. Vai da ocasião.  

 

Já orientei a responder de várias formas:

1) viajou  para um lugar bonito e vai demorar pra voltar 

2) está no hospital pois não está bem 

3) já não está aqui mais conosco há um tempinho

4) ou até mesmo faleceu.

 

Indo pela linha de "entrar na história" temos o:

1) ela / ele saiu, foi comprar algo e já volta  

2) não sei dele, vamos telefonar pra saber onde está?

3) estou ligando pra ele /ela não está atendendo. Podemos ligar depois ?

 

E por aí vai ...

Dra Ana Luisa Rosas

neuroanacuriosamente@gmail.com