Tudo sobre Alzheimer
Links

Aqui você fica sabendo sobre as novidades do universo do Alzheimer e outras demências. O objetivo é ajudar a prevenir, promover diagnóstico e tratamento adequados, cuidar do paciente e do cuidador, apoiar a família, atualizar profissionais das áreas médica e de saúde, conscientizar sobre demências, combater preconceitos e multiplicar conhecimento para vivermos mais e com qualidade de vida.

Receba novidades e atualizações!

Agir para transformar. Agir para construir um novo olhar sobre Alzheimer.

 

E queremos que você também faça parte do nosso movimento. Participando de grupos de apoio na sua cidade, ajudando a combater fake news, compartilhando boas notícias, engajando-se como voluntário sempre que puder, obtendo conhecimento e contando suas histórias e dicas aqui no Tudo sobre Alzheimer!

 

Sejam muito bem-vindos!

"As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem consulta, aconselhamento e acompanhamento de médicos, psicólogos, nutricionistas, gerontólogos e outros profissionais especialistas.”

© 2019 by Tudo sobre Alzheimer - Faz Muito Bem  |  Termos de Uso e Privacidade

 PERGUNTA que chegou aqui para o Tudo sobre Alzheimer:

Soraia S. T.  diz que cuida do pai com Alzheimer.

Ele recebeu o diagnóstico há quase dois anos. E ela conta que se sente uma estranha. Que o pai não a reconhece mais.

E pergunta: Será que ele não gosta mais de mim? Estou fazendo algo errado??? 

A especialista em demências, a enfermeira Ceres Eloah Ferretti, responde:

"Nem tudo que parece errado está errado, assim como aquilo que parece certo, está realmente certo!

 

Do ponto de vista humano, precisamos buscar entender que a “frieza” demonstrada pelos nossos queridos, não é uma demonstração real, e pode surgir com a evolução da doença quando a memória torna-se mais prejudicada e “apagada”.

Não, você não é uma estranha...em alguns momentos perceberá isso! É muito difícil, de repente, assumirmos responsabilidades que não nos pertencia, a inversão de papéis... de protegidos a protetores, isso dói. Mas passa, passa com a certeza interior de que o melhor está sendo feito,

o que é possível está sendo feito!

 

Esta certeza e serenidade é possível encontrar quando nos deparamos com informações de pessoas que trabalham com a questão, e com quem viveu e vive o mesmo problema!

Abrimo-nos então para o conhecimento, para o cuidado adaptado à nossa realidade familiar, e com isso, um sentimento gostoso de dever cumprido, de valores que não ficaram para trás, de solidariedade e amor!!

Estamos e estaremos sempre por aqui para acolhê-los em suas angústias e dúvidas!!

Não fique só!!!

Abraço carinhoso!!"

Ceres Eloah Ferretti

ceresuniversodecuidados@gmail.com